Nestlé lança iniciativas para garantir a segurança das pessoas na produção em suas principais cadeias de fornecimento

 

No atual cenário, é preciso lançar mão de ações preventivas e de monitoramento para que a produção de alimentos seja segura para todas as pessoas envolvidas, desde o produtor rural até os responsáveis pela coleta e transporte, e em todas as suas etapas. A Nestlé tem atuado fortemente para que todos os processos produtivos, da coleta ao abastecimento, aconteçam de maneira a garantir a proteção dos fornecedores em suas principais cadeias. As iniciativas nessa frente envolvem desde um compromisso com a manutenção do volume de compras quanto ações como a distribuição de materiais informativos e kits de higiene, além da ampliação do uso de ferramentas digitais para garantir apoio técnico aos produtores rurais mesmo à distância.

Cadeia do leite

A Nestlé está comprometida em manter o volume de compra e coleta de leite de 1.600 fazendas diretas e 10.000 indiretas, garantido assim o fluxo financeiro de toda a cadeia e a renda a cerca de 20.400 famílias envolvidas nessa produção.

Outro ponto importante é a assistência técnica aos produtores, com uma comunicação clara e informativa sobre o cenário atual e os cuidados que eles demandam. Para isso, a companhia tem apostado em canais digitais de comunicação com os produtores como o aplicativo Leiteria, que permite acompanhar e gerenciar online os resultados relacionados à produção e fornecimento das propriedades. As visitas às fazendas estão reduzidas aos casos de urgência e sempre respeitando as medidas preventivas necessárias.

Os produtores receberam, também, um Manual Prático para Prevenção da COVID-19 com informações e dicas de como se proteger em casa e no trabalho nas propriedades, produzido pela VivaLácteos (associação da indústria de lácteos) com o suporte da Nestlé.

Os responsáveis pela fase de coleta do leite também foram treinados para seguir todos os procedimentos de segurança necessários e receberam kit de higienização completo. Além disso, os motoristas pertencentes aos grupos de risco foram deslocados para áreas com baixa incidência de casos ou afastados da operação.

“Esse trabalho está garantindo a segurança em todos os processos envolvidos na compra diária de aproximadamente 4 milhões de litros de leite, que são processados pela Nestlé e vão para a mesa do consumidor brasileiro”, ressalta a gerente de Desenvolvimento de Qualidade do Fornecedor, Barbara Sollero.

Gestão hídrica via app nas fazendas de leite

A questão do uso da água para higienização também é um ponto importante no cenário atual, mas é necessário que o recurso seja gerido com responsabilidade para evitar desperdício. Pensando nisso, a Nestlé lançou, em março, a primeira ferramenta digital para gestão hídrica em propriedades leiteiras, dentro do aplicativo Leiteria – disponível para aparelhos Android e IOS, o app permite o acompanhamento dos dados de volume de leite coletado, resultados de qualidade, preço recebido, além da possibilidade de consultar todo o histórico de dados do produtor e ter acesso ao comparativo de resultados entre os períodos.

A nova funcionalidade permite aos produtores registrar o consumo de água e traz indicadores para ajudar a otimizar a utilização do recurso. A gestão hídrica é fundamental para a cadeia do leite do ponto de vista ambiental e também econômico, uma vez que o controle de uso da água contribui para a competitividade do produtor.

“As vacas precisam de água em quantidade e qualidade para garantir seu bem-estar e a produção de leite, sem contar a necessidade do recurso para garantir a correta limpeza dos equipamentos e instalações do sistema de produção leiteiro, que deve ser intensificada no momento atual. Por isso, é importante um trabalho que conscientize os produtores a gerir o recurso com responsabilidade”, destaca Barbara Sollero. O app Leiteria é gratuito e está disponível para aparelhos Android e IOS.

Cadeia do café

Na cadeia do café, os traders continuam comprando e vendendo café verde, garantindo a liquidez do mercado local e mantendo o suporte, de forma estritamente remota, aos quase mil produtores dos programas da Nestlé. Assim, é possível garantir a renda e o trabalho de 18 mil famílias de forma direta nas diferentes regiões produtoras. As visitas mensais da assistência técnica e gerencial foram temporariamente suspensas, mas os agrônomos mantêm o acompanhamento de forma remota. As orientações de boas práticas agrícolas continuam por meio de canais digitais e o atendimento no local é realizado somente em casos de urgência, com todas as medidas preventivas necessárias.

Cadeia de cacau

As unidades de compra espalhadas pelo país continuam funcionando e as fazendas mantêm suas atividades normalmente, sem falta de insumos agrícolas. O atendimento técnico é mantido por meio de canais digitais. Foi enviada comunicação aos produtores reforçando os cuidados de saúde necessários e destacando a parceria por meio do Cocoa Plan, programa de assistência que foca na qualidade e produtividade.

Vegetais, frutas e cereais

Na cadeia de fornecimento de vegetais, frutas e cereais, estão mantidas as compras de mais de 100 propriedades rurais, garantindo o abastecimento das fábricas. O contato com os produtores foi reforçado em canais digitais e a rotina de atendimento técnico às fazendas está reduzida aos casos de urgência, sempre seguindo as regras de distanciamento social.

Desenvolvido por KYU design gráfico