RAR apoia ação do Sindilat/RS para que a indústria láctea siga produzindo durante o período de isolamento social

 

Empresa mantém a produção em sua fábrica, localizada em Vacaria. O protocolo sanitário para as equipes está ainda mais rígido e todas as precauções estão sendo tomadas a fim de evitar a propagação do vírus.

A RAR, fundada por Raul Anselmo Randon, segue produzindo durante o período de isolamento social em função do combate ao avanço do coronavírus. O protocolo sanitário para as equipes está ainda mais rígido e todas as precauções estão sendo tomadas a fim de evitar a propagação do vírus. A empresa apoia a ação do Sindicato da Indústria de Laticínios do Rio Grande do Sul, que divulgou recentemente nota de esclarecimento onde ressalta a importância de que a indústria láctea permaneça em atividade.  

Conforme o diretor-superintendente da RAR, Sergio Martins Barbosa, todas as medidas de segurança estão sendo tomadas para que a produção continue e a população não enfrente problemas de abastecimento de lácteos, item que tem sido mais demandado no varejo. “Seguimos atendendo as recomendações das autoridades de saúde pública, mantendo as já rígidas medidas de higiene e controle em nossa produção e, agora, redobramos a atenção com os nossos colaboradores que precisam seguir na ativa”, afirma Sergio.

A empresa divulgou em suas redes sociais uma foto de parte da equipe que segue na ativa em funções como as que incluem o trato com o rebanho, essencial para a manutenção da produção. Na imagem eles passam a mensagem: Nós estamos aqui por você. Fique em casa por nós.

Desenvolvido por KYU design gráfico